MARTHA PAGY ESCRITÓRIO DE ARTE
artistas exposições quem somos notícias contato múltiplos projetos

> <
  • Dobras 1 e 2, 2017
    Badalos de sino quebrados em vidros com terra sobre estante de madeira com areia.
    13 X 74 X 18 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 2”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 3”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 4”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 5”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 9”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 10”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 12”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 13”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    37 x 50 cm

  • “Frestas por onde Muros escoam 15”, 2017
    grafite, nanquim e acrílica sobre papel
    111 x 81cm​

  • Fotografia: Tania Bonin

    Sem título, 2017
    Fotografia, pigmentos minerais sobre papel fotográfico
    10 x 15 cm

  • Sem título, 2017
    Fotografia, pigmentos minerais sobre papel fotográfico
    10 x 15 cm

  • Fotografia: Tania Bonin

    Sem título, 2017
    Fotografia, pigmentos minerais sobre papel fotográfico
    10 x 15 cm

  • Fotografia: Tania Bonin

    Sem título, 2017
    Fotografia, pigmentos minerais sobre papel fotográfico
    10 x 15 cm

  • Fotografia: Tania Bonin

    Sem título, 2017
    Fotografia, pigmentos minerais sobre papel fotográfico
    10 x 15 cm

Em Frestas e Dobras, Ursula Tautz mostra 9 desenhos e um objeto e lida principalmente com a questão do tempo e os possíveis desdobramentos de sua ação sobre a instalação feita pela artista a céu aberto.

​“Durante 45 dias observei, quase diariamente, a instalação Frestas por onde muros escoam, construída para reinaugurar o espaço expositivo do Jardim da Reitoria da UFF. E esperei que a terra, acumulada em forma de pirâmide, escoasse entre os vergalhões dourados fincados no entorno dos aterramentos, em um movimento de expansão e contaminação. Por 45 dias esperei que as cadeiras equilibradas em seus cumes desabassem, afirmando a falência de um centro estável. Sob sol, vento e chuva, o lugar invadiu a instalação. A vegetação cresceu e tornou a terra sólida e verde e as cadeiras, firmes em seus centros.​ ​Aqui estão alguns dos desenhos e registros feitos durante esta espera, quando o trabalho me ofereceu outras respostas.” Ursula Tautz


Ursula Tautz
Vive e trabalha no Rio de Janeiro

Ursula Tautz nasceu no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha Utiliza em seu trabalho de fotografia, vídeo, objetos e instalações. Cursou a ESPM, além de ter frequentado oficinas da “School of Visual Arts / NY”, e a partir de 2005 a Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Em 2013 integrou o Programa Projeto de Pesquisa, coordenado por Glória Ferreira e Luiz Ernesto. Participou de várias exposições coletivas, como “Intervenções Urbanas Bradesco ArtRio 2015” e “Aquilo que nos une” no Centro Cultural da Caixa Federal com curadoria de Isabel Portella. Além das individuais “Lugar familiar” no projeto Zip’Up na Zipper Galeria/SP e “Fluidostática” na Galeria do Lago (Museu da República/RJ). Foi também selecionada pelo crítico Fernando Cocchiarale para o “Programa Olheiro da Arte” e finalista do Prêmio Mercosul das Artes Visuais Fundação Nacional de Arte – FUNARTE, com seleção de Luiza Interlenghi, Jorge Luiz Miguel e Izabel Machado da Costa.

Formação:
2016
- Expor, aluno visitante no Programa de Pós-Graduação em Comunicação – Escola de Comunicação, Katia Maciel e André Parente, Rio de Janeiro.
2015-2016
- Frequentou grupo de estudos com Daniela Labra e Keyna Eleison, Rio de Janeiro.
2014-2016
- Frequentou grupo de estudos com Marcelo Campos, Rio de Janeiro.
2013
- Projeto de Pesquisa, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV, com Glória Ferreira e Luiz Ernesto, Rio de Janeiro.
2010
- Arte Hoje com Bob N e Marcio Botner, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV, Rio de Janeiro.
2009-2010
- Arte Moderna e Arte contemporânea, com Pedro França e Guilherme Bueno, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV, Rio de Janeiro.
2009
- Arte e Reflexão com Anna Bella Geiger e Fernando Cocchiarale, Escola de Arteas Visuais do Parque Lage – EAV, Rio de Janeiro.
2005-2009
- A Arte da Pintura e Antiformas de Intervenção com Ronaldo Macedo e David Cury, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV, Rio de Janeiro.
2009
- Arte Brasileira – 1963-2008: quatro décadas de contemporaneidade, com Reynaldo Roels Jr., Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro.
2008
- Análise e Inserção na Arte Contemporânea, com Iole de Freitas, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV, Rio de Janeiro.
- Moderna e Contemporânea: passagens e persistências na arte hoje, com Paulo Sergio Duarte, Pólo de Pensamento Contemporâneo – POP, Rio de Janeiro.
2007
- Conceitos de História da Arte, com Paulo Sérgio Duarte, Universidade Candido Mendes, Rio de Janeiro.
2006
- Frequentou grupo de estudos com Luiz Ernesto, Rio de Janeiro.
- Frequentou grupo de estudos com Alexandre Lessa, Rio de Janeiro.
1997-1999
- Experimental Design, com Richard Wilde, School of Visual Arts, Nova Iorque.
1999-1997
Pós-Graduação em Produção Gráfica, Escola Superior de Propaganda e Marketing – ESPM, Rio de Janeiro.

Exposições Individuais:
2017
- Frestas por onde os muros escoam, Centro de Artes UFF.
2016
- Lugar Familiar, curadoria Isabel Sanson Portella, projeto Zip’up, coordenação Mario Gioia, Zipper Galeria, São Paulo.
2015
- Fluidostática, curadoria Isabel Sanson Portella, Galeria do Lago, Museu da República, Rio de Janeiro.
- Laura Erber e Ursula Tautz , Martha Pagy escritório de arte, Rio de Janeiro.
2007
- Aquilo que nos cabe daquilo que nos resta, Site specific , Hall de entrada da Escola Alemã Corcovado, Rio de Janeiro.

Exposições Coletivas:
2016
- Somos todos Clarice, curadoria Isabel Sanson Portella, Galeria do Lago, Museu da República, Rio de Janeiro.
- Coletiva em Ipanema, curadoria Martha Pagy, Instituto Cultural Plajap, Rio de Janeiro.
- Monumental Arte na Marina da Glória, curadoria Marc Pottier, Marina da Glória, Rio de Janeiro.
- Gabinete Contemporâneo de Curiosidades, curadoria Marco Antonio Portela, Galeria Oriente, Rio de Janeiro.
- Através do Espelho, curadoria Jozias Benedicto e Isabel Portella – Galeria Solar Meninos da Luz, Rio de Janeiro.
- A Mesa no Pavilhão da Casa França-Brasil, curadoria A Mesa, Casa França-Brasil, Rio de Janeiro.
- Aquilo que nos une, curadoria de Isabel Sanson Portella, Caixa Cultural, Rio de Janeiro.
- A Mesa - Experiência nº 5, curadoria de Isabel Sanson Portella, coordenação de Marcelo Campos, Morro da Conceição, Rio de Janeiro.
- Reminiscências, curadoria de Isabel Sanson Portella, Centro Cultural da Justiça Federal – CCJF, Rio de Janeiro.
- ADIV, curadoria de Marcos Bonisson, Ateliê da Imagem, Rio de Janeiro.
2015
- Intervenções Bradesco ArtRio, curadoria de Isabel Sanson Portella, Museu da República, Rio de Janeiro.
- Estranhamentos, curadoria de Isabel Sanson Portella, Centro Cultural da Justiça Federal –CCJF, Rio de Janeiro.
2014
- A questão do Espaço, curadoria de Glória Ferreira e Luiz Ernesto, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV, Rio de Janeiro.
2011
10XUSO, organização de Luiza Machado e Fabrício Belsoff, Inhame, Rio de Janeiro.
- Fuzuê, Largo das Artes, Rio de Janeiro.
2010
- Ocupação, organização de Bob N, residência à Praia do Flamengo, nº 116, Rio de Janeiro.
- Formatos, curadoria e organização de FaceArte e Brenda Valansi, Cranio, Rio de Janeiro.
2009
Coletiva, curadoria e organização de FaceArte e Brenda Valansi, Cranio, Rio de Janeiro.
2008
Cético Assombro, curadoria de David Cury, Escola de Artes Visuais do Parque Lage – EAV, Rio de Janeiro.

Prêmios:
2016
- FINALISTA Prêmio Mercosul das Artes Visuais, Fundação Nacional de Arte – FUNARTE, Ministério da Cultura – MinC, seleção de Luiza Interlenghi, Jorge Luiz Miguel e Izabel Machado da Costa, Brasília.
2010
- Programa Olheiro da Arte, seleção de Fernando Cocchiarale, Rio de Janeiro.

Publicações:
2016
- Aquilo que nos une, catálogo por Isabel Portella para Centro Cultural da Caixa Econômina Federal – CCCEF, Rio de Janeiro.
- Experimentos, fotografias e texto por Isabel Portella para REVISTA RED, editado por Daniela Versiani.
- O Centro em duas coletivas, por Daniela Labra, ensaio critico para o Segundo Caderno, jornal O Globo, Rio de Janeiro.
- Sólidos e Fluídos, por Marcelo Campos, ensaio crítico para Revista DASartes, edição 44, janeiro-fevereiro, Rio de Janeiro.
2015
- O azul de Ursula Tautz e outras cinco indicações culturais, Ilustríssima Semana - o melhor da cultura em 6 indicações, pg. 2, jornal Folha de São Paulo, São Paulo.
2015
- Estranhamentos, catálogo por Isabel Portella para Centro Cultural da Justiça Federal – CCJF, Rio de Janeiro.
- Dica de artista, por Daisy Xavier para coluna de Artes Visuais, Segundo Caderno, jornal O Globo, Rio de Janeiro.
2012
- “Reflexão: Cronotopos Urbanos, cidades imaginárias”, texto do artista para Jornal do Commercio, Rio de Janeiro.

Coleções:
Sr. e Sra. Lutz Rohrmann, Heidelberg.
Sr. e Sra. Stephan Alexander, Rio de Janeiro.
Carlos Forbes, São Paulo.
Lucia Meira de Lima, Rio de Janeiro.
Ivo Minoni, Rio de Janeiro.