MARTHA PAGY ESCRITÓRIO DE ARTE
artistas exposições quem somos notícias contato múltiplos projetos

> <
  • Ondulada, 2018
    Peça feita com técnica de placas, em porcelana sem esmalte e queimada em alta temperatura.
    12 x 18 x 12 – em caixa de acrílico

  • Flor, 2017
    Peça feita em porcelana, sem esmalte e desenhada com lápis de cor.
    15 x 15 x 15 cm – em caixa de acrílico

  • O Passarinho e a Flor, 2017
    Peça feita em porcelana, sem esmalte, desenhada com lápis de cor e com peças de metal aplicadas.
    15 x 15 x 15 cm – em caixa de acrílico

  • Verniz Captoné, 2017
    Peça feita em porcelana e esmaltada a 1260 graus
    15 x 15 x 18 cm - em caixa de acrílico

  • Viajante, 2017
    Argila creme, esmalte leitoso de 1260 graus, bordada com linha e com apliques de metal
    17 x 20 x 20 cm - em caixa de acrílico

  • A Jardineira, 2017
    Argila branca, com esmalte de 1260 graus, bordada com linha e com apliques de metal
    17 x 20 x 20 cm – em caixa de acrílico

  • Flor, 2017
    Argila branca sem esmalte, técnica de placa, queimada em alta temperatura 1260 graus.
    16,0 largura x 16,0 altura x 16,0 profundidade – caixa de acrílico

  • Fruteira Country, 2017
    Argila branca sem esmalte, técnica de placa, queimada em alta temperatura 1260 graus.
    20,0 largura x 16,0 altura x 16,0 profundidade – caixa de acrílico​

  • Pret-a-Porter, 2017
    Argila branca sem esmalte, técnica de placa, queimada em alta temperatura 1260 graus.
    14,0 largura x 10,0 altura x 14,0 profundidade – caixa de acrílico​

  • Rosinha do Agreste, 2017
    Argila creme com esmalte branco fosco, técnica de placa, queimada em alta temperatura 1260 graus.
    12,0 largura x 12,0 altura x 12,0 profundidade – em caixa de acrílico​​

  • Babados, 2016
    Técnica de placas, argila branca e esmalte transparente, apenas nos detalhes, de alta temperatura 1260 graus.
    15 x 10 x 10 cm - ​em caixa acrílico

  • Espiral, 2016
    Técnica de placas, argila branca e esmalte transparente, apenas nos detalhes, de alta temperatura 1260 graus.
    13 x 12 x 12 cm - em caixa acrílico

  • Velho Chico – Sonho e Pesadelo, 2016
    Argila creme, esmalte branco de alta temperatura, técnica de placa
    12 x 12 x 12 cm – em caixa de acrílico​

  • Olívia, 2016
    Argila branca, esmalte branco de alta temperatura, técnica de placa
    12 x 12 x 12 cm – em caixa de acrílico​

  • Matula vazia, 2016
    Técnica de placas, argila branca , sem esmalte e queimada a 1260 graus
    13 x 14 cm – em caixa de acrílico

  • Estudante, 2016
    Técnica de placas, argila branca , sem esmalte e queimada a 1260 graus
    10,5 x 10 cm – em caixa de acrílico​

  • Equilibrista, 2016
    Técnica de placas, argila creme e esmalte de alta temperatura (1260 graus)
    13 x 14 cm – em caixa de acrílico​

  • Listradinha, 2015
    Barro bege e esmalte transparente de alta temperatura
    18 x 12 x 12 cm – em caixa de acrílico

Cris Loureiro
Vive e trabalha no Rio de Janeiro

Sempre tive fixação em baús e malas de couro antigas. É como se me olhassem dizendo “conheço vários lugares, passei por muitas alegrias e tristezas, e guardo cada uma delas aqui dentro”.

Comecei a trabalhar com técnica de placas produzindo peças grandes e aos poucos fui diminuindo o tamanho. Quanto menor mais me agradava e, dessa forma, mais longe da realidade - já que aquela mala de cerâmica não precisa carregar roupas e objetos, apenas sonhos.

A cerâmica significa tanto a concretude das minhas raízes - um pé em Portugal e outro em Minas - quanto o etéreo e o abstrato. Na verdade é fruto do grande amor pelo meu avô que, mesmo com pouca convivência, me mostrou a beleza do trabalho duro e de suas malas de couro curtido cheias de tecidos que usava como caixeiro-viajante. Cris Loureiro